Quem Somos

Corpo Clínico

Tatiana Alessandra R. C. Machado 

Psicóloga clínica, com pós graduação em Transtornos Alimentares e Obesidade pela Faculdade de Medicina da USP

Abordagem: Terapia Cognitiva Comportamental – TCC

Faixa Etária: Adolescentes, adultos, idosos e casais

Especificidade de atendimento: Psicodiagnóstico, depressão, ansiedade, transtornos de humor, transtornos de personalidade, transtornos alimentares e obesidade.

 

Avaliação e elaboração de laudo para cirurgia bariátrica, vasectomia e laqueadura.

Tatiane
Terapia Cognitiva Comportamental

A Terapia cognitivo-comportamental (TCC) é uma forma de psicoterapia que se baseia no conhecimento empírico da psicologia, e consiste na junção da terapia cognitiva e terapia comportamental.

 

Ela tem como objetivo criar uma melhoria sistemática dos problemas tratados utilizando uma diversidade de métodos, a fim de avaliar como o paciente processa e interpreta as situações que lhe causam sofrimento.

 

É considerada diretiva, breve e focada no problema atual do paciente, e tem demonstrado ser uma das técnicas mais eficazes no tratamento de vários transtornos como depressão e esquizofrenia. 

Os nove princípios básicos que caracterizam os diversos métodos conceituais da TCC, segundo o psicólogo alemão Jürgen Margraf:

  1. A TCC se orienta no conhecimento empírico da psicologia científica;

  2. A TCC se orienta no problema (sintoma) atual do paciente;

  3. A TCC baseia-se na análise dos fatores de vulnerabilidade (predisposições), fatores desencadeadores e mantenedores dos transtornos mentais;

  4. Por se orientar no problema, a TCC é também orientada para um objetivo definido (a modificação do comportamento problemático);

  5. A TCC é voltada para a ação e não apenas para a tomada de consciência (insight) e uma compreensão mais profunda do problema;

  6. A TCC não se restringe à situação terapêutica, mas se estende à vida diária do indivíduo;

  7. A TCC é transparente, tanto quanto a seus objetivos quanto a seus meios;

  8. A TCC procura ser uma ajuda para a autoajuda, ou seja, acentua a responsabilidade do próprio paciente no processo terapêutico e

  9. A TCC se esforça por estar em desenvolvimento constante.